quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Quem e' voce realmente?

Esqueca quem voce e' hoje e va' ate' o lugar onde esta' aquele(a) que voce sempre foi. E' neste lugar onde nos desidentificamos com a mente e consequentemente deixamos de entender o tempo e o espaco de forma horizontal, mas sim vertical - que e' como nossa caminhada precisa ser: nao do ponto A para o B, do B para o C.... mas sim, do A1 para o A2, do A2 para o A3 e assim por diante.
Nao precisamos ir a nenhum outro lugar que a caminhada horizontal, atraves da mente, costuma querer nos levar. A mente vive no passado e no futuro, te mutilando com angustias que ja' se foram e ansiedade do que esta' por vir... pois se ela for viver no presente, morrera' - ela nao e' necessaria, apenas a consciencia e'. Tudo esta' "pronto" aqui e agora. Seu primeiro beijo nao esta' num passado remoto e nem uma viagem esperada ou o nascimento do seu primeiro filho esta' no futuro - esses sao conceitos da mente. Tudo acontece de forma vertical, portanto nao deixam de existir em voce.
Precisamos relaxar e confiar... e entao as coisas comecam a acontecer, fluir sem grandes esforcos nossos.

Entretanto, confesso que ha' uma dificuldade grande para conseguir agir dessa forma todo o tempo. Ainda estamos muito presos aos paradigmas nos ensinados desde que nascemos. Sendo assim, precisamos de exercicios que nos facam remeter a nossa consciencia, ao presente.
Um realmente eficaz e' a auto observacao. Todos os tipos de pensamentos e sentimentos (como raiva, ansiedade, medo) que surgirem dentro de ti, ao inves de se identificar de cara com eles, voce entao se distancia e observa. Esteja consciente dos mesmos. Olhe como se nao fosse contigo, olhe como se fossem nuvens - estao ali, mas estao simplesmente passando por ali... pois essa e' a forma que o ego, atraves da mente, tem de se manter viva - a identificacao, pois gera comparacao, portanto, movimento egoico.
Voce nao e' isso, mas sim o observador que esta' por tras disso. E tampouco queira entende-los, perguntar o pq... pois isso gera o julgamento - se e' bom ou ruim, se voce gosta ou nao; isso nao importa nesse exercicio, a unica coisa realmente importante e' criar a distancia entre vc e "eles".

Bem, esse e' um dos exercicios que mais pratico no meu dia a dia. Procuro estar o mais atenta possivel para que possa rapidamente perceber quando tais sentimentos e pensamentos me invadem. E incentivo a todos dizendo que com alguma disciplina, voce ira' aos poucos conseguindo isso e entao comeca a discernir o que e' voce realmente e o que e' apenas sua situacao de vida... e nao mais se idenficar com sua situacao de vida, pois voce e' algo muito alem disso. Desse modo, vivemos de forma muito mais tranquila, em paz.

Um comentário:

  1. Minha amiga linda...
    Sempre escrevendo grandes verdades...

    ResponderExcluir